Virose da mosca: como combater o surto e se proteger?

Por Portal Pebao

 Virose da mosca: como combater o surto e se proteger?

Foto: Reprodução internet 

A virose da mosca tem se tornado cada vez mais comum e tem preocupado muitas famílias. Vários casos já foram registrados em todo o Brasil, incluindo no Pará, na região metropolitana de Belém, e no Ceará. Aprenda agora como se proteger e manter essa doença longe de sua casa.

O início do ano é caracterizado pela quadra chuvosa, que favorece o aparecimento de doenças. Uma doença em particular tem chamado bastante atenção devido ao crescente número de casos e seu nome incomum que se tornou bem popular.

Conhecida cientificamente como Doença Diarreica Aguda (DDA) ou Gastroenterite Aguda, a virose da mosca ganhou este nome devido ao crescente aparecimento de moscas no período chuvoso do ano. Essas moscas pousam em áreas contaminadas e depois em alimentos, podendo transportar microrganismos que levam doenças para dentro de sua casa.

Mas você sabia que as moscas não são as únicas que podem transmitir a virose?

Como ocorre a transmissão?

Embora seja chamada de virose da mosca, a transmissão não ocorre apenas por meio desse inseto. A contaminação de alimentos e água é a forma mais comum de transmissão, que pode acontecer através das mãos da própria pessoa ou de outras pessoas, ou por meio de insetos que transportam microrganismos.

6 sintomas comuns da virose da mosca:

Náuseas

Vômitos

Diarreia

Febre

Cólicas abdominais

Desidratação, em casos mais graves

Se os sintomas persistirem ou surgirem sinais de desidratação, não hesite em procurar um médico.

Confira 9 sinais de desidratação:

Sede

Boca seca e pegajosa

Sonolência ou cansaço – as crianças tendem a ser menos ativas do que o habitual

Diminuição da produção de urina – para bebês: não molhar a fralda por três horas ou mais

Pele seca

Dor de cabeça

Prisão de ventre

Tonturas ou vertigens

Algumas condições – ambientais ou alimentares – também podem contribuir para o aparecimento da virose da mosca.

5 condições que favorecem o seu aparecimento:

Deficiência de higiene ambiental e pessoal;

Má higienização dos alimentos;

Ingestão de água sem tratamento;

Proliferação de insetos;

Coleta de lixo irregular.

Segundo a médica infectologista Dra. Mônica Façanha, as causas do aparecimento de sintomas como esses incluem vírus, bactérias e parasitas intestinais. 

Notícias Relacionadas

Deixar um comentário

© 2023 Todos os Direitos Reservados | Política de Privacidade Criado Por Portal Pebão