Suspeito de fazer arrastão em escola morre após intervenção policial e comparsa vai preso

Por Portal Pebao

Suspeito de fazer arrastão em escola morre após intervenção policial e comparsa vai preso

Uma troca de tiros entre policiais militares e dois assaltantes resultou na morte de Railton Silva Mendes, na noite de ontem (3), em Parauapebas. O jovem de 22 anos e o irmão Raylan Silva Mendes, de 19, já estavam na mira da PM há cerca de uma semana devido a crimes que haviam cometido em diversos bairros do município, no entanto, a gota d’água foi um assalto em uma escola pública em que os envolvidos roubaram, à mão armada, diversos aparelhos celulares de estudantes e funcionários da instituição de ensino. 

Railton Silva Mendes
Os irmãos foram flagrados por algumas câmeras de segurança cometendo os crimes

O fato ocorreu por volta de 19h, quando uma guarnição do 23º Batalhão de Polícia Militar que estava em rondas ostensivas pela Rua Santo Antônio, no Bairro Altamira, percebeu um dos irmãos passando de motocicleta pelo local e, em seguida, acelerando em fuga rumo a uma residência próxima.A motocicleta utilizada pelos irmãos também era roubada

No endereço, os policiais foram recebidos com tiros pelos suspeitos e, ao repelirem a agressão, Railton foi atingido e Raylan capturado. O primeiro chegou a ser socorrido e levado pela própria viatura da guarnição para o Hospital Municipal de Parauapebas (HMP), mas não resistiu e morreu momentos depois, em razão da gravidade de seu estado.

Na casa dos assaltantes foram encontrados o revólver usado nos disparos, balas, dois notebooks, quatro celulares, três capas protetoras e uma motocicleta com registro de furto/roubo que era utilizada nos crimes cometidos pela cidade. Alguns dos roubos inclusive chegaram a ser filmados por câmeras de segurança, o que ajudou os policiais a identificar os dois jovens.Na casa em questão foram encontrados notebooks e celulares roubados
Preso, Raylan confessou que os materiais apreendidos na residência eram furtos de roubos e que os celulares tinham sido subtraídos no assalto ocorrido no mesmo dia, pela manhã, na escola. Ele agora encontra-se à disposição da justiça, bem como tudo apreendido, para os procedimentos legais cabíveis.

(Fonte: Correio de Carajás Thays Araujo)

Notícias Relacionadas

Deixar um comentário

© 2023 Todos os Direitos Reservados | Política de Privacidade Criado Por Portal Pebão